O que é conhecimento intuitivo? Características e exemplos

Pode-se dizer que esse tipo de conhecimento é e tem sido o mais utilizado pelo ser humano, até porque é o pensamento mais primitivo que existe, baseado unicamente na intuição e no conhecimento aprendido pela experiência ao realizar algum tipo de atividade para um um período de tempo considerável.

O conhecimento intuitivo é realizado quando a razão não é utilizada, com base em experiências passadas, ou devido a falha e erro, sabendo intuitivamente o momento exato em que qualquer coisa relacionada às atividades nas quais esse pensamento pode ser desenvolvido pode falhar, cair ou agir de forma errada , poderia agir de forma inconsciente e quase instantânea, uma vez que nossos cérebros e músculos ativam seus processos sensoriais para evitar que uma determinada falha aconteça.

Significado do pensamento intuitivo

O conhecimento de algum processo, atitude das pessoas com quem convive diariamente, ou de algum sistema pode permitir que a pessoa conheça em detalhes qualquer mudança que ocorra nestes.

Esta pode ser definida como a reação imediata aos estímulos, resolvendo problemas e superando obstáculos e novas soluções, sem o uso do raciocínio, agindo de forma inconsciente, pois o corpo se acostuma com as reações ou situações que possam surgir.

Características

Existem algumas características que denotam as vantagens que este tipo de pensamento pode ter, e demonstram a diferença que pode ter ao atuar com ele, são elas:

Intuição: Como foi mostrado anteriormente, esse pensamento tem como principal ferramenta a intuição da pessoa, que utiliza para gerar conhecimento de forma inconsciente.

Fonte de conhecimento: Esse conhecimento cria os depósitos de um conhecimento razoável, que é o armazenamento intuitivo de informações, e no momento de ter interesse por determinado assunto, percebe-se a existência de algum conhecimento prévio, obtido por meio da vivência de experiências passadas.

Sem demonstrações: Este tipo de conhecimento não necessita da ajuda de algum intermediário, seja ele visual, tangível ou exprimível.

Apreensão profunda: Os dados obtidos desta forma subconsciente ficam permanentemente armazenados na memória, uma vez que não necessita de processos que podem tornar-se enfadonhos e que tendem a esgotar o nosso estado de consciência, obrigando-o a aprender um assunto que pode não lhe interessar.

Descoberta: Com o simples fato de observar algo novo, nunca visto antes, e de não haver fatores intermediários que indiquem o significado daquele objeto, ou ação, o subconsciente iniciará um processo de análise, que marcará aquele novo conhecimento.

Autonomia: por último, mas não menos importante, o conhecimento intuitivo é baseado no autojulgamento de qualquer situação que possa surgir, sendo apenas dependente dela.

Exemplos de conhecimento intuitivo

Quando você tem experiência em alguma área, ou quando conhece um indivíduo há muito tempo, pode perceber com o pensamento subconsciente quaisquer mudanças que ele possa apresentar, sabendo imediatamente a presença de um problema futuro, e sua possível solução.

Exemplos com conhecidos

Você pode dizer quando uma pessoa está feliz, triste, nervosa, quer chorar, está chateada, está com medo e basicamente qualquer sentimento ou sintoma que se manifesta com expressões físicas, gestuais e verbais. O simples fato de observá-los ativará imediata e inconscientemente a sensação de que a pessoa pode ter um problema, de ter recebido boas ou más notícias, entre muitos outros exemplos. Em várias ocasiões, o conhecimento intuitivo pode ser enganado, pois muitas pessoas conseguem fingir algumas emoções com um desempenho muito bom.

Exemplo com situações de risco

Existe a possibilidade de que no momento de estar em uma situação próxima a um perigo, ou que esta possa causar ou desencadear eventos que acabam sendo perigosos para a integridade de uma pessoa, seja acionado o processo de pensamento intuitivo, que inconscientemente estará enviando sinais para que as ações acima sejam evitadas, evitando assim sofrer qualquer dano.

Exemplo de experiências

Uma vez que a pessoa passou certo tempo fazendo um produto ou exercendo uma atividade, pode-se saber subconscientemente quando pode estar ocorrendo algum evento que leve a um mau procedimento ou que prejudique o produto final, como: quando um salva-vidas que está de plantão em uma piscina, observar que uma criança menor de 8 anos vai em direção a uma piscina com mais de 1,50 metros de profundidade, que seria maior que isso, poderia intuitivamente deduzir que se a criança entrasse nesta piscina poderia ocorrer afogamento, por falta de conhecimento de natação, ou por não tocar o chão com os pés.

É importante destacar que o conhecimento intuitivo é mais comum nas comunidades rurais, pelo fato de elas não possuírem instruções, ou estruturas para realizar suas tarefas cotidianas, como fazem nas áreas urbanas, que se conformaram em um conjunto de regulamentos que obrigam os participantes a pensar com razão.

Os indígenas que vivem na modernidade, longe de todas as tecnologias, atalhos e avanços propostos pela humanidade até hoje, desenvolveram este tipo de conhecimento de forma majestosa, pois têm que utilizá-lo diariamente, na maioria de suas tarefas, como como pesca, caça, preparação de refeições, confecção de roupas, entre outros.

Não só os indígenas modernos o utilizam, mas também os seres humanos mais antigos evoluíram graças a esse tipo de ações intuitivas, melhorando a cada dia que viam os problemas que enfrentavam naquela época.

Embora este seja um conhecimento utilizado desde o início dos tempos da humanidade, e até hoje continua a ser utilizado, outros tipos de conhecimento também devem ser levados em consideração, para que haja um melhor equilíbrio das informações que se percebem diariamente em todos. áreas.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   deysite dito

    Este tipo de conhecimento localizamos que podemos ajudar com as informações ...