Uma mentira repetida mil vezes acaba se tornando verdade?

mentir

Apesar do que muitas pessoas possam pensar, O tema da verdade e da mentira é bastante complexo e complicado. Não existe uma verdade única, uma vez que pode haver muitos tipos ou tipos diferentes: verdade filosófica, verdade científica ou verdade pessoal. Quanto ao grau de validade de uma verdade, tal grau depende em grande parte do tipo de verdade em questão. Desta forma não há muita distância entre uma verdade não comprovada e uma mentira específica. Isso se deve em grande parte ao fato de que há momentos em que uma mentira traz conforto e a verdade preocupa.

Neste ponto é importante responder à famosa frase: “Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade.” No artigo a seguir falaremos sobre a relação que existe entre poder e mentiras e quais os efeitos que a repetição de uma mentira tem na sociedade.

A relação entre poder e mentiras

A famosa frase: “Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”, é atribuída a Joseph Goebbels, Gerente de campanha de Adolf Hitler no meio da Segunda Guerra Mundial. Com o passar dos anos, esta frase tornou-se mais popular e foi copiada por muitos dos líderes do planeta. Pessoas poderosas usavam mentiras como meio de manipular a mente de outras pessoas e conseguir levá-las a fazer coisas que de outra forma seriam impossíveis de fazer.

Desta forma, não há dúvida de que existe uma relação direta entre poder e mentira. A sociedade e a população sempre foram capazes de acreditar em qualquer coisa e quando foi apresentado de forma adequada. Bastava exercer um forte controlo sobre os meios de comunicação social e sobre determinadas instituições ou entidades que transmitiam determinada ideologia ou crenças, como a igreja ou a escola. Dessa forma, construiu-se uma verdade baseada em muitas mentiras.

A repetição da mentira

Mentiras repetidas continuamente gerarão crenças bastante profundas. No início, o cérebro fica deslocado e desequilibrado, mas com a repetição repetidas vezes, Ele acaba aceitando. É a mesma coisa que acontece quando uma família se muda para uma nova casa. No início é difícil se acostumar com o novo ambiente, mas com o passar do tempo e da rotina a família acaba se acostumando com a nova casa.

No caso das mentiras, a mente se adapta aos poucos a eles acabar incorporando-os em seu campo ou escopo. Portanto, não é trivial que exista uma relação direta entre o poder e os meios de comunicação. É por isso que até há poucos anos, na grande maioria dos países, eram os grupos de poder que controlavam estes meios de comunicação. No entanto, devido ao boom que as redes sociais têm representado em todo o planeta, surgiram inúmeras vozes independentes que questionam o monopólio dos meios de comunicação por parte de pessoas poderosas.

No entanto, descobriu-se que estas vozes independentes Eles também criaram suas próprias mentiras. Portanto, não importa o tipo de meio de comunicação que transmite a informação, mas sim a intenção do remetente de mentir ou dizer a verdade.

mentiras verdadeiras

O perigo dos boatos

Em certas ocasiões, não é necessário repetir mil vezes uma mentira para criar uma verdade. Com um único boato você pode transmitir a amada verdade. O boato nada mais é do que uma distorção do que é real ou do que é verdadeiro. Esta é uma informação ambígua que pode enganar o destinatário da informação.

O poder do boato é muito importante e pode ser devastador em todos os sentidos. Basta inventar um pouco de informação sobre uma pessoa ou determinada entidade e Deixe-o circular pelo maior número de pessoas possível. Em pouco tempo e mais rápido que o normal, muitas pessoas passarão a acreditar nas informações apesar de não terem nenhum tipo de prova.

No caso dos boatos, o seu poder não residirá nas informações fornecidas, mas no fato de criar muitas dúvidas em torno de uma pessoa. O boato faz sucesso por diversas causas ou motivos: pela necessidade que o ser humano tem de transmitir o que considera importante ou pela curiosidade que advém de comunicar determinadas informações importantes e chocantes. Porém, é aconselhável ter certeza e segurança antes de divulgar determinadas informações.

mentira

O papel da ética e da responsabilidade na sociedade atual

Quando se trata de combater a propagação de mentiras, a responsabilidade dos meios de comunicação social e a sua ética Eles têm um papel fundamental e também fundamental. A repetição contínua de informações falsas e não verificadas distorce completamente a realidade e corrói completamente qualquer confiança que possa existir nos próprios meios de comunicação.

É por isso que os referidos meios de comunicação e os profissionais que neles trabalham têm, em qualquer caso, a responsabilidade de verificar a informação antes de a partilhar ou difundir e de a divulgar ao público. Caso contrário, poderão ocorrer danos bastante importante e ao mesmo tempo realmente devastador.

Resumindo, a famosa e popular frase: “Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade” Persistiu ao longo da história como uma expressão que irá destacar a capacidade de repetição como forma de influenciar a opinião pública. Atribuída ao político nazista Joseph Goebbels, esta frase levantará questões sobre a origem da verdade, da propaganda, da mídia e do impacto que mentiras repetidas podem ter na sociedade.


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.